Alunos do 5º ano do ensino fundamental de 15 escolas municipais de Castro participaram nesta terça-feira (5) da formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – Proerd, em solenidade no Ginásio de Esportes Padre José Pagnacco que contou com a presença de autoridades civis e militares, além de pais de alunos. Durante o ano, 1100 alunos participaram do programa.

Em clima de festa e sob o brado de “Hoje é dia de Proerd”, os alunos fizeram o juramento, cantaram o hino do Proerd, leram as redações produzidas em sala de aula e receberam o leão Daren, mascote do programa.

O Proerd é uma parceria entre a Polícia Militar do Paraná, secretarias municipais de Educação e rede de ensino particular. Em um esforço cooperativo, oferece atividades educacionais em sala de aula durante um trimestre letivo. São dez lições de uma cartilha para prevenir o uso indevido de drogas entre crianças e adolescentes, além de abordar também sobre violência e bullyng. As lições reforçam a autoestima, ensinam como lidar com as tensões relativas às drogas, e promovem a civilidade. As aulas acontecem uma vez por semana nas escolas, são interativas e os alunos desenvolvem atividades como teatro e música.

A secretária municipal de Educação, Rejane de Paula Nocera, destacou que o programa causa impacto na vida dos alunos. “É um trabalho de prevenção muito importante para a formação dos alunos, e que tenho certeza, vai fazer a diferença na vida deles. Agradeço o apoio de todos os envolvidos”, disse.

O sub-comandante da 5ª Companhia do Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária (BPEC) Paulo César Marcondes, disse que o programa desenvolve atividades projetadas para estimular os estudantes a resolverem os principais problemas nesta fase de suas vidas. “As escolas, assim como as famílias, são essenciais para o bom desenvolvimento do Proerd, pois todos agem em favor da criança, de suas famílias e de suas comunidades”, ressaltou.

O prefeito Moacyr Fadel Junior disse que o programa leva conhecimento e cidadania aos alunos. “São ensinamentos fundamentais para que eles fiquem longe das drogas e da violência. Agradecemos a parceria da Polícia Militar neste importante programa”, destacou.

 

O programa

O Proerd surgiu em 1983 nos Estados Unidos e hoje está presente em 50 países. Desenvolvido pela Polícia Militar, atualmente funciona em todos os estados brasileiros. No Paraná, as atividades iniciaram em 1999 e já alcançaram mais de 1,5 milhão de alunos.